Coluna de Fogo

... e de noite numa coluna de fogo para os iluminar...

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

Que mês pesado!

E-mail Imprimir PDF

 

Há pouco comemorávamos os excelentes resultados nas praias de Cabo Frio e adjacências nos meses de dezembro e janeiro (Matéria), mas algo nos chama muito a atenção neste mês de fevereiro: Uma sucessão de fatos tenebrosos, num curto espaço de tempo. Vamos à sequência:

1º Rompimento da Barragem de Brumadinho devastando com água e lama paisagens e pessoas. Até o presente momento são 165 mortos e 160 desaparecidos. (Possíveis irregularidades)

2º Incêndio em Centro de Treinamento do Flamengo tira a vida e o sonho de 10 jovens, além de 3 feridos (Possíveis irregularidades)

3º Queda de helicóptero seguida de colisão com caminhão deixa 2 mortos, sendo um deles o famoso jornalista Ricardo Boechat (Aeronave com 44 anos de fabricação)

4º Incêndio em centro de treinamento do Bangu deixa 3 feridos (Em investigação).

5º... cada um deve lembrar de algo que chocou nos últimos dias, que não foi pra mídia (o meu foi a morte de um colega de farda morto após discussão no trânsito).

O que impressiona não são propriamente os números, haja vista que o Corpo de Bombeiros (só o do Rio de Janeiro) atende quase 1500 chamados por dia! Isso mesmo! Só em janeiro deste ano foram mais de 40 mil socorros! Na verdade, o que tem impressionado em fevereiro é o ar de tragédia destes eventos. Num caso, muitas pessoas mortas num mesmo momento; no outro adolescentes sonhadores; e em mais um, uma personalidade famosa.

Estamos todos em luto, sim, inconsolados com tanta notícia triste. Mas, sem querer alarmar ainda mais, lembremos que cada um dos 6400 acidentes de trânsito no Estado é uma tragédia por si só para os envolvidos... e somados nos mostram a dimensão do estrago. Os 1600 afogamentos no Rio de Janeiro no início deste ano foram tragédias pontuais na vida dos afogados e de seus familiares, que perpassa por sustos, traumas, sequelas e mortes. Incêndios... acontecem a todo instante, causando prejuízos por vezes irreparáveis.

Alguns podem estar se perguntando: "Por que você está falando isso?", "Quer me assustar ainda mais?"... Nada disso! A intenção aqui é chamar a atenção para o que é possível ser feito para uma vida mais segura. Existem normas a serem seguidas no trânsito que previnem acidentes, existem normas para construção de edificações que previnem incêndios, existem formas seguras de aproveitar a praia, deve existir atenção redobrada e regras dentro de casa para evitar os acidentes domésticos com crianças... Dengue, Zika, Chikungunya matam, mas podem ser evitadas, e todo mundo sabe como.

Enfim... podemos fazer mais. O  que temos visto na mídia no segundo mês de 2019 é estarrecedor, nos faz parar e pensar, mas tenho certeza que podemos diminuir esses 40.000 gritos por ajuda a números tão baixos quanto queiramos. Precisamos lembrar que o mesmo sentimento que movia as vítimas antes das tragédias, nos move neste momento: Queremos viver! E viver bem; Fazer as coisas certas; Fazer o que está ao nosso alcance, com todas as nossas forças; Mudar o que está a nossa volta e transformar o mundo; Evitar o pior sempre que for possível; salvar a todos quantos pudermos; Deixar um legado de alguém que fez alguma coisa, por si e pelos outros; Fazer o bem e agradar a Deus; Seguir em frente, apesar daqueles que não querem e não fazem.

 

 

Adicionar comentário

Seu apelido/nome:
seu email:
Assunto:
Comentário:

Curta o Coluna de Fogo e compartilhe nosso conteúdo

Quem está online

Nós temos 102 visitantes online

Visitantes

3442183
HojeHoje2076
OntemOntem2735
Nesta SemanaNesta Semana4811
Neste MêsNeste Mês45532
TotalTotal3442183

Últimas Atualizações